Confira os premiados

Encontros e lançamentos literários


Encontros

Encontro de realizadores de filmes

Momento destinado à troca de experiências entre realizadores audiovisuais de todo o Brasil.
Coordenador:  Pedro Maciel Guimarães (curador e professor)

5 out (qui) – 17h
Local: Teatro Goiânia (café)

8 out (dom) – 10h
Local: Papillon Hotel (Sala Anhanguera II)

Participantes:

Adan Souza Silva

Amanda Araújo

Ana Flávia Marcheti

Andrea Cals

Augusto Roque

Benedito Ferreira

Carlos Eduardo Ferraz

Danielle Bertolini

Douglas Soares

Fabiana Assis

Fabrício Cordeiro

Giuliana Hebeile

Isaac Brum

Julia Alves

Leila Bourdoukan

Leo Tabosa

Lidiana Reis

Lucas Sá

Ludielma Laurentino

Majeca Angelucci

Marcus Vasconcelos

Mariana Luiza

Mariza Junqueira

Matheus Farias Melo

Nathália Tereza

Paulo Caetano

Pedro Giongo

Pedro Maciel Guimarães

Ralf Davi Ortega

Rodrigo Arajeju

Sergio Silva

Sonia Weston

Ulisses Arthur Bomfim

 

Encontro com a animação

Com Leila Bourdoukan (gerente executiva – Cinema do Brasil) e César Cabral (animador e roteirista), dentre outros.

Encontro informal dos produtores de animação do país para discutir e apresentar informações sobre a participação do Brasil no festival de Annecy 2018, que traz o país como tema, e pensar sobre o novo momento das políticas públicas voltadas para a animação, além de celebrar o centenário da animação brasileira.

6 out (sex) – 17h
Local: Teatro Goiânia (hall)

Encontro: Início, meio e fins para o audiovisual brasileiro

Este encontro promovido pela 17ª Goiânia Mostra Curtas em parceria com a GOFilmes (Associação das Produtoras Independentes de Cinema e TV do Estado de Goiás) tem a intenção de reunir produtores independentes de audiovisual, projetos de apoio e entidades para uma conversa informal sobre os rumos das produções brasileiras. Um panorama de nossas produções, onde e por quem elas estão sendo feitas, onde elas estão sendo exibidas, que formas de apoio possuímos, como fortalecer cada vez mais a classe, a profissionalização, e como unir cada vez mais os agentes deste setor: projetos, festivais, emissoras, produtoras, associações, governo.

Nesta conversa teremos a presença do Secretário do Audiovisual João Batista Silva e dos parceiros Cinema do Brasil, Maria Farinha Filmes, Pandora Filmes, Looke, Elo Company, CineBrasil TV, SescTV.

Coordenador: Pedro Novaes – Presidente da GoFilmes

7 out (sáb) – 10h
Local: Papillon Hotel (Sala Anhanguera II)

 Participantes:

Adriana Rodrigues

Andréa Cals

Ariadne Mazzetti

Camila Nunes Rocha

Cristina Bispo

Daniel Calil Cançado

Danielle Bertolini

Danilo Kamenach

Fabiana Assis

Isaac Brum

Jarleo Barbosa

Lidiana Reis

Micael Vieira Bispo

Paulo Miranda

Pedro Novaes

Ranulfo Borges

Raphael Gustavo da Silva

Ricardo de Podestá

Robney Almeida

Thiago Camargo Ramos

Wadih Elkadi

 

Lançamentos Literários

6 out (sex) – 17h30
Local: Teatro Goiânia (Hall)

Livro: Trajetória do cinema de animação no Brasil 

Autora: Ana Flávia Marcheti

Trajetória do Cinema de Animação no Brasil é um livro que celebra os 100 anos dessa arte no Brasil. Trazendo um recorte da animação brasileira e entrevistas com alguns dos artistas que marcaram as produções nacionais, o livro é o primeiro que foca no processo criativo de animadores brasileiros em formato de artbook. O intuito é valorizar a animação nacional e incluí-la no repertório de estudo de nossos artistas e produções.

 

Livro: Afetos, relações e encontros com filmes brasileiros contemporâneos

Autor: Denilson Lopes

Afetos, Relações e Encontros com Filmes Brasileiros Contemporâneos procura preencher uma lacuna na bibliografia de estudos sobre o cinema brasileiro após o chamado Cinema da Retomada, que se preocupou em conciliar qualidade e alcance comercial na busca de um público perdido desde o fim dos anos 80. No novo momento, já de meados dos anos 2000 em diante, uma grande parte da produção mais ousada voltou-se para um formato independente das grandes produtoras e seus modelos. Buscando entender esta mudança, o livro discute os  trabalhos de jovens realizadores que chegaram entre 2009 e 2016 ao seu primeiro longa-metragem. Sua emergência coincide com a proliferação do digital, de processos colaborativos e coletivos, bem como a consolidação da Mostra de Tiradentes como a principal vitrine para esta geração. O livro propõe uma leitura crítica que é ao mesmo tempo aposta e reflexão sobre o que é ser um jovem artista hoje em dia, pressionado pela indústria cultural e pelo aumento de custo de vida, que busca pela arte outras formas de criar e de viver em conjunto.

 

 


 

Locais:

Teatro Goiânia – Avenida Anhanguera com Avenida Tocantins, Setor Central

Papillon Hotel – Avenida República do Líbano, no 1.824, Setor Oeste


Voltar