Em busca de novos parceiros para a 19ª Goiânia Mostra Curtas


 

Desde sua primeira edição, realizada no ano de 2001, a Goiânia Mostra Curtas é construída graças à união e ao trabalho de instituições, empresas e profissionais do setor audiovisual. Em todos esses 19 anos de existência, fortalecemos vínculos importantíssimos sem os quais não teríamos alcançado tanta abrangência e relevância.

Diretores, produtores e profissionais de todas as categorias do setor audiovisual, mais do que nunca, estão unidos para manter o cinema brasileiro exatamente no lugar onde ele merece estar: nas telas e em outras plataformas de exibição e difusão.  Ao nosso lado, parceiros de todos os setores que nos encorajam e edificam redes que nos apoiam diante de instáveis políticas públicas vigentes. O Icumam Cultural e Instituto orgulha-se por realizar anualmente, há quase duas décadas, um festival de curta-metragem no Centro-Oeste brasileiro com dimensão nacional.

Os números de todos esses anos de trabalho comprovam que o esforço e a determinação de manter o festival ativo têm alcançado resultados. Desde a primeira edição, em 2001, 1.951 filmes foram exibidos, em uma produção que já envolveu 2.080 profissionais, atingido um público de 277.800 mil pessoas. A exibição de filmes chegou ainda aos bairros da capital de Goiás, onde foram realizados mais de 50 eventos. Além disso, já foram contabilizadas 183 atividades, entre oficinas, painéis, debates e encontros.

Hoje, ainda convictos na importância do audiovisual como ferramenta artística, seguimos focados em oferecer ao público um evento diverso, democrático e que contribui para a formação cultural de milhares de pessoas. Um festival gratuito, realizado no Centro da cidade, em um prédio histórico. Somos resistência e continuaremos resistindo, pois acreditamos que ao lado de boas parcerias cresceremos de mãos dadas com o audiovisual brasileiro.

O circuito nacional de festivais de cinema atrai quase 3 milhões de espectadores por ano.  Muitas vezes, eles são a primeira porta de entrada de uma obra audiovisual,  além de serem os principais canais de difusão de novos realizadores, curtas-metragens e de produções não exibidas em circuito comercial. Garantir a realização de um festival de cinema é dar continuidade ao trabalho de  valorização da cultura e que impacta enormemente a economia criativa, gerando também emprego e renda. Essa indústria movimenta anualmente mais de R$ 25 bilhões e emprega cerca de 100.000 profissionais.

Assim, estamos buscando sempre novas possibilidades junto a empresas, parcerias institucionais e organizações do terceiro setor. São esses parceiros que, ao nosso lado, movimentam uma cadeia que desencadeia novos modelos de negócios e oportunidades de geração de valor.

Diante de incertezas de políticas públicas e falta de incentivos, festivais e mostras estão ameaçados e muitos deixarão de acontecer. A Goiânia Mostra Curtas segue resistindo para manter sua continuidade. Para isso, atualmente necessitamos de um total de R$ 250 mil para que o festival se realize minimamente, mantendo seu compromisso com a sociedade. Estamos fazendo história e queremos contar com você para consolidá-la.

Conheça o projeto Goiânia Mostra Curtas e apoie essa iniciativa. Entre em contato com o Icumam Cultural e Instituto, através do e-mail icumam@icumam.com.br ou pelo telefone (62) 3218-3779.