Di Moretti



Formado em Rádio/TV pela Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP) e jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), iniciou a vida profissional como redator em programas de rádio e televisão. No entanto, consolidou a carreira como roteirista de cinema, professor (Sesc, Escola São Paulo, Espaço Unibanco, FAAP, Festival de Brasília, Mostra Tiradentes), e consultor de roteiro (Sundance Institute, Laboratório Sesc de Roteiros). Foi roteirista de longas-metragens premiados, como velho, a história de Luiz Carlos Prestes (doc.); Latitude Zero; As vidas de Maria; Cabra-cega; e Filhas do vento. Para a TV, roteirizou o especial O menino Grapiúna, a série policial O grampo e a série médica O mal da cura.


Voltar