Ivan Melo



Como produtor executivo trabalhou no documentário Bem-Vindo a São Paulo, coletivo de curtas organizado por Leon Cakoff e Renata de Almeida e dirigido por Tsai-Ming Liang, Wofgang Becker, Amos Gitai, Phillipe Noyce, Maria de Medeiros, Mika Kaurismäki entre outros, e de TOP 25, de Richard Luiz, de Tinnitus de Gregório Graziosi; e Parabéns, Garota!, de Luis C. Soares. Foi coprodutor de Corpo Elétrico, de Marcelo Caetano; e do documentário Alvorada, de Anna Muylaert, Lô Politi e Cesar Charlone. Criou a Cup Filmes que atualmente desenvolve projetos com os cineastas Marcelo Caetano, Ivi Roberg e Juliano Ribeiro Salgado. Com Anna Muylaert criou o núcleo criativo Chapa Libre, que desenvolveu duas séries para TV, um documentário, e duas ficções: Clube Das Mulheres De Negócios, de Anna Muylaert; e Como É Linda A Vista De Pirituba, de André Novais. É coprodutor de Bob Cuspe, Nós Não Gostamos De Gente, de Cesar Cabral, filme selecionado para o Animation Day do Festival Cannes em 2019; e de A Mãe, de Cristiano Burlan. Foi produtor executivo e programador da Mostra Internacional de Cinema em SP e diretor artístico do Festival Paulínia de Cinema. Foi também diretor de projetos especiais da Secretaria de Cultura e responsável pela seleção e filmagem de mais de 40 longas-metragens brasileiros nos estúdios e locações da cidade. Trabalhou nas distribuidoras Cult Filmes, Mais Filmes e Filmes da Mostra e Circuito Cinearte/Arteplex de cinema. Foi do comitê de editais do cinema brasileiro: Petrobras, Bndes, Spcine, Rio Filmes, Proac, entre outros. 


Voltar