Sergio Bernardoni

Mais conhecido como Padre Sérgio, é formado em Filosofia e Teologia em Arezzo, na Itália. Animador de cineclubes na Itália e no Brasil, fundou a Caravídeo em 1988, espaço que tem contribuído enormemente com a cultura do Estado de Goiás. No ano de 2002, em parceria com a Cambury e com a professora Rosa Bernardo, fundou a Skópos – primeira escola de cinema de Goiás.
É diretor do Centro Cultural Caravídeo, membro da Associação Brasileira de Documentaristas - ABD Goiás e da ONG Comunicativa. Como reconhecimento pelo seu trabalho recebeu homenagem na 4ª edição do Instituto de Cultura e Meio Ambiente - Icumam, em 2004; na câmara municipal de Goiânia; o Troféu Lobo Guará – oferecido pela PUC-GO, em 2004; o Igualdade Racial, em 2006; a Medalha de Mérito Cultural - Conselho de Cultura, em 2009 e do juri oficial do FICA 2013.