Publicado em: 06/10/2015 23:40 por Icumam
Icumam espera 10 mil pessoas para a 15ª Goiânia Mostra Curtas
Cerca de 10 mil pessoas é o público estimado para a décima quinta edição da Goiânia Mostra Curtas. A edição comemorativa dos 15 anos do festival tem 118 filmes programados, entre 6 e 11 de outubro...

Cerca de 10 mil pessoas é o público estimado para a décima quinta edição da Goiânia Mostra Curtas. A edição comemorativa dos 15 anos do festival tem 118 filmes programados, entre 6 e 11 de outubro, além de atividades formativas (oficinas, debates e mesa redonda), homenagens e encontros de realizadores e entidades do audiovisual.

 

A cerimônia de abertura está marcada para hoje (6/10), às 20 horas, no Teatro Goiânia, com pocket show do cantor e ator pernambucano Johnny Hooker. A montagem do Teatro Goiânia começou no domingo e terminou hoje pela manhã.

 

Além da atração musical, para a noite da abertura do festival estão previstas homenagens a profissionais de reconhecida relevância para o cinema nacional. Entre eles, a atriz Gilda Nomacce, que iniciou carreira atuando em filmes de curta-metragem, e o cenógrafo e diretor de arte goiano Shell Jr., falecido em 2015. A Goiânia Mostra Curtas também rende tributo ao Ceicine – Coletivo de Cinema de Ceilândia, por sua postura engajada pelos direitos sociais.

 

Por ocasião das homenagens, na noite de terça-feira, está prevista a exibição de dois curtas-metragens: Jibóia, dirigido por Rafael Lessa, com Gilda Nomacce no elenco. O outro é Rap, o Canto da Ceilândia, uma produção de Adirley Queirós, integrante do Ceicine.

 

Realizada pelo Icumam – Instituto de Cultura e Meio Ambiente, a Goiânia Mostra Curtas conta com patrocínio da Petrobras e da Rodonaves Transportes e apoio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Goiânia, Lei Goyazes e da Unimed-Goiânia.

 

Confira a programação completa aqui