Inscrições abertas para Oficina de Design de Audiência

Oficina Design de Audiência - Inscrições Abertas

Os interessados em participar da oficina Design de Audiência da 21ª Goiânia Mostra Curtas já podem inscrever seus projetos. As inscrições estão abertas até o dia 8 de junho. Acesse o regulamento aqui. Tanto a inscrição quanto a participação são gratuitas e acontecem de forma totalmente online durante os dias 6, 7, 12 e 13 de junho, sempre das 14h às 17h.

A Oficina Design de Audiência tem como principal objetivo oferecer aos participantes a experiência de explorar o potencial de diversas ferramentas para pensar as audiências e os públicos desde a etapa de desenvolvimento, ampliando a abordagem clássica de comunicação e de marketing que conhecemos. Os três projetos do centro-oeste selecionados terão o acompanhamento da consultora de design de audiência Marina Tarabay e do produtor Rafael Sampaio. A oficina acontece sob a coordenação do BrLab – Desenvolvimento de Projetos Audiovisuais.

Roteiristas e diretores da região centro-oeste (Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal) poderão inscrever projetos de longa-metragem de ficção para participarem dos quatro dias da oficina, com total de 12 horas, sendo 3 horas de atividades por dia, que foi desenhada sob demanda para a Goiânia Mostra Curtas a partir de uma metodologia testada, aprimorada e que segue sendo adaptada ao longo dos últimos cinco anos pelo BrLab.

Os projetos serão avaliados pelos ministrantes e a lista dos selecionados será divulgada no dia 20 de junho.

A 21ª Goiânia Mostra Curtas acontece de 5 a 10 de julho de 2022. Gratuita e online.

Acesse o regulamento e inscreva seu projeto!

Ler Mais

“Rasteiras Imaginárias” é o tema da Curta Mostra Especial!

Curta Mostra Especial -Rasteiras Imaginárias

A 21ª edição da Goiânia Mostra Curtas apresenta a tradicional Curta Mostra Especial, em 2022 com o tema “Rasteiras Imaginárias”. Dividida em dois programas, serão exibidos 13 filmes produzidos entre 2009 e 2022, que apresentam atmosferas distintas, dimensões técnicas, afetivas, éticas e estéticas entre casa e rua, sonho e memória.

De forma gratuita, o festival, este ano, ocorre de 5 a 10 de julho, no formato online. A lista e informações de filmes, assim das outras mostras já divulgadas, estão disponíveis aqui.

No primeiro programa da Mostra Especial “Incensar o mundo”, parte de um desejo nutrido entre fabulações, encontros e deboche, chegando a outros choques que revestem o imaginário em experiências, territórios e subjetividades. Já o segundo programa “(no) sampler dos gestos íntimos” traz uma intimidade, ora supressão na história, ora rasura e minúcia como linguagem do corpo negro.

Os filmes serão exibidos por meio da plataforma digital InnSaei.TV de 6 a 10 de julho. A curadoria dessa mostra é das programadoras de cinema Talita Arruda e Melina Bomfim

Para a diretora geral e produtora da Goiânia Mostra Curtas, Maria Abdalla, a Curta Mostra Especial é sempre desafiadora. “Buscamos a cada ano trazer algo que promova a reflexão em quem assiste a cada filme e que participa do debate que trazemos em seguida”, ressalta.

Debate

Drible, poesia e movimento” será o tema do debate da Curta Mostra Especial. O momento, mediado pelas curadoras Talita Arruda e Melina Bomfim, terá como convidados a curadora, jornalista cultural, artista visual, roteirista e realizadora audiovisual Kalor Pacheco, o ator, roteirista e diretor Heraldo de Deus e o ator, produtor cultural e professor de arte Victor Hugo Leite (Vhfro).

A conversa será norteada pelas memórias ativadas pelos filmes, temáticas, sonoridades e atravessamentos das possíveis “Rasteiras Imaginárias”, abordando questões como dúvidas, riscos e inseguranças que trazem os cinemas negros contemporâneos; quando vulnerabilidades de criança são substituídas pelas da vida adulta; e como fugir das romantizações e atentar ao rapto das imaginações. O momento acontece no dia 9 de julho (sábado), às 17h, e será transmitido pelo canal do Icumam no YouTube.

Veja a lista completa de filmes da Curta Mostra Especial – Rasteiras Imaginárias clicando aqui.

Ler Mais

21ª Goiânia Mostra Curtas lista de filmes selecionados

Conheça a relação de Filmes que foram selecionados no 21ª Goiânia Mostra Curtas.

A 21ª Goiânia Mostra Curtas selecionou 86 filmes para as três categorias competitivas do festival – Curta Mostra Brasil (42), Curta Mostra Goiás (12), Curta Mostra Animação (14) – e para as não competitivas – 20ª Mostrinha (05) e Curta Mostra Especial (13). A lista completa está disponível no site do festival, através do link https://www.goianiamostracurtas.com.br/21/lista-de-filmes-selecionados/

São 35 curtas de ficção, 19 documentários, 14 animações, e 5 experimentais, sendo produções de 18 estados brasileiros e do Distrito Federal. Além dessas, outras 13 estarão na Curta Mostra Especial, não competitiva. Ao todo, são 86 filmes que poderão ser assistidos online e gratuitamente, de 5 a 10 de julho 2022, na plataforma digital InnSaei.tv.

Este ano o número significativo de obras audiovisuais demonstra a força da produção audiovisual brasileira, mesmo diante dos desafios impostos pela pandemia e pela escassez de políticas públicas em prol da cultura. Segundo a diretora-geral da Goiânia Mostra Curtas, Maria Abdalla, é preciso manter os esforços e dedicação para a realização desses festivais, para a formação dessa plateia. E isso não só em Goiás, mas em todo o Brasil.

“Esta é uma forma de reforçar a continuação da produção de curtas-metragens, discutir a importância dessas produções no Brasil e, assim, ampliar o espaço que já vem sendo conquistado no exterior. E é o mercado cinematográfico o responsável pela grande parte da manutenção da indústria do audiovisual no país, movimentando a economia criativa, gerando capacitação de profissionais, com geração de empregos e renda”, ressalta Maria Abdalla.

A 21ª Goiânia Mostra Curtas encerrou as inscrições para filmes no último dia 6 de abril, com 858 obras enviadas. Dentre os filmes, o festival recebeu inscrições de 26 estados brasileiros e do Distrito Federal, sendo que 451 de ficção, 263 documentários, 93 curtas experimentais e 51 animações.

De acordo com Maria Abdalla, a participação de quase todo o Brasil revela uma grande ânsia para alavancar a produção audiovisual brasileira. “É isso que renova as nossas forças para seguir com a luta diária que vivemos para realizar os festivais, para que nossas produções tenham a visibilidade que elas merecem dentro e fora do País”, pontua.

CATEGORIAS E CURADORIAS

Na Curta Mostra Brasil, que apresenta um panorama da produção nacional em curta-metragem, com curadoria de Rafael de Almeida, são 42 filmes. “Nosso gesto curatorial foi de refletir sobre como essa produção brasileira recente reage à sensação de um mundo em suspenso, que nos foi imposto pelo cenário pandêmico e seus desdobramentos. A composição dos quatro programas de filmes foi pensada a partir desse questionamento”, explica o curador da Curta Mostra Brasil, Rafael de Almeida, diretor, pesquisador e professor de audiovisual.

Para dar visibilidade à produção local, que se encontra em franco desenvolvimento e ascensão, a Curta Mostra Goiás apresenta 12 filmes, tendo como curador Fábio Rodrigues Filho: “Estão reunidos trabalhos realizados entre 2020 e 2022, perfazendo um recorte pequeno, múltiplo e vigoroso da produção no estado de Goiás. Agrupamos os filmes em três programas. Tais programas buscam criar vizinhanças (por ressonância, contraste etc.) entre os filmes querendo a um só tempo realçar suas singularidades e amplificar suas forças e engajamentos”.

Já na 20ª Mostrinha, dedicada ao público infantil, serão 5 filmes exibidos, com destaque para o tema ancestralidade. “Em tempos de urgência em falar de ancestralidade, rastreando nossas origens, quem somos e de onde viemos, esta seleção reúne curtas de cinco estados brasileiros protagonizados por crianças e atravessados pela poesia e pelo humor, pela ausência e pela memória, pela melancolia e pela afirmação da identidade”, afirma a curadora Gabriela Romeu.

Na Curta Mostra Animação, estão 14 produções selecionadas pelo curador Cesar Cabral. “A animação sobrevive e tenta se reinventar, é bonito de ver que há um fôlego, mas evidencia a carência e abandono das políticas públicas. A animação brasileira vinha alçando voos altos mundo afora, seu tempo dilatado de produção as vezes mascara o presente, mas já começa a dar sinal de um futuro que precisa de toda atenção”.

 Em breve serão divulgados os 13 filmes selecionados para a Curta Mostra Especial, com a curadoria de Talita Arruda e Melina Bomfim.

PREMIAÇÃO

A participação na 21ª Goiânia Mostra Curtas é gratuita e as produções selecionadas para as mostras competitivas desta edição (Curta Mostra Brasil, Curta Mostra Goiás e Curta Mostra Animação) concorrem a prêmios nas categorias: Melhor Filme, Melhor Direção e Prêmio Especial do Júri.

O júri oficial que elegerá os filmes é formado por realizadores, roteiristas, diretores, críticos e pesquisadores de cinema. Os filmes vencedores serão contemplados com prêmios oferecidos pelas empresas parceiras do festival, como locação de equipamentos e estúdios, consultorias, bolsas de cursos online, serviços de pós-produção e finalização, além de prêmios de aquisição. Para conferir a lista de prêmios, basta acessar o site do festival.

Confira os prêmios oferecidos pelas empresas parceiras da 21ª Goiânia Mostra Curtas para as mostras competitivas Curta Mostra Brasil, Curta Mostra Goiás e Curta Mostra Animação:

SescTV: prêmio de aquisição no valor de R$ 4.000 e contrato de exibição por dois anos na programação do SescTV; Effects: prêmio de Edição de Som; Link Digital: prêmio de correção de cor em Resolve e Encode DCP de curtas de até 15 min de duração (material deve vir em ProRes HQ 422 a 24p); CiaRio: prêmio Edina Fujii no valor de R$ 8.000,00 em locação de equipamentos de iluminação, acessórios e maquinaria, da empresa NAYMOVIE. Válido por 1 ano; DOT Cine: 2 diárias de Scratch para correção de cor (2k); 2 diárias de finalização (2k) e 01 cópia em DCP; Mistika: prêmio no valor de R$ 3.000,00 em serviços de pós-produção; C/as4tro: 2 diárias de consultoria em produção executiva via Skype; Ultrassom Music Ideas: 8 horas de estúdio para mixagem de som, incluindo serviços técnicos; Estúdio JLS: 2 diárias de locação de estúdio de mixagem de som; AIC – Academia Internacional de Cinema: bolsas de cursos online na AIC; CTAv – Centro Técnico Audiovisual: encode DCP de curta-metragem de até 20 minutos de duração com HD externo incluso (material deve ser entregue em 24p).

PROGRAMAÇÃO

Este ano a GMC terá três mostras competitivas: Curta Mostra Brasil, Curta Mostra Goiás e Curta Mostra Animação. Além dessas, terá outras duas sem caráter competitivo: a 20ª Mostrinha, com curtas voltados ao público infanto-juvenil; e a Curta Mostra Especial, que a cada edição aborda temáticas relevantes do cotidiano para promover a reflexão, a representatividade e a discussão sobre o assunto escolhido.

Totalmente gratuita, a 21ª Goiânia Mostra Curtas inclui a exibição de filmes, divididos entre as tradicionais mostras competitivas e não-competitivas. Além dos curtas-metragens exibidos ao longo dos seis dias de evento, a programação do festival envolve também diversas atividades formativas – Laboratório de Roteiros Audiovisuais, oficinas, palestras, masterclass, debates – homenagem e outras atrações.

Em breve serão divulgadas as atividades formativas da 21ª edição. Essas e todas as outras novidades da programação serão disponibilizadas no site e através das redes sociais do festival.

Filmes – 21ª Goiânia Mostra Curtas

www.goianiamostracurtas.com.br

Curta Mostra Brasil: 42 filmes

Curta Mostra Goiás: 12 filmes

Curta Mostra Animação: 14 filmes

20ª Mostrinha: 5 filmes

Curta Mostra Especial – 13 filmes (Em breve será divulgada)

35 Ficção

14 Animação

19 Documentário

5 Experimental

Filmes de 18 Estados e Distrito Federal

Todas as Regiões do Brasil: Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul

Total de filmes selecionados para as mostras competitivas: 68

Total de filmes selecionados para as mostras não competitivas: 18

Total de filmes selecionados na 20ª Mostrinha: 5

Total de filmes na Curta Mostra Especial: 13

Total de filmes na 21ª Goiânia Mostra Curtas: 86

Ler Mais

Foram 858 filmes inscritos na 21ª Goiânia Mostra Curtas

Balanço Inscrições - Goiânia Mostra Curtas 2021

A 21ª Goiânia Mostra Curtas encerrou as inscrições para filmes no dia 6 de abril com 858 obras enviadas. Dentre os filmes, o festival recebeu inscrições de 26 estados brasileiros e do Distrito Federal, sendo que 451 são de  ficção, 263 são documentário, 93 são curtas experimentais e 51 são animações. A previsão é que a lista dos filmes selecionados seja divulgada no dia 26 de abril, no site e nas redes sociais do festival.

Os 5 estados que mais inscreveram foram: 1º São Paulo: 192, 2º Rio de janeiro: 107, 3º Minas Gerais: 96, 4º Goiás: 69, 5º Bahia: 54.

Esse número significativo de inscrições demonstra a força da produção audiovisual brasileira, mesmo diante dos desafios impostos pela pandemia e pela escassez de políticas públicas em prol da Cultura. Segundo a diretora-geral do Goiânia Mostra Curtas, Maria Abdalla, a quantidade de inscrições para o Goiânia Mostra Curtas revela que é preciso manter os esforços e dedicação para a realização desses festivais, para a formação dessa plateia. E isso não só em Goiás, mas em todo o Brasil.

“Esta é uma forma de reforçar a continuação da produção de curtas-metragens, discutir a importância dessas produções no Brasil e, assim, ampliar o espaço que já vem sendo conquistado no exterior. Isso sem mencionar que é o mercado cinematográfico o responsável pela grande parte da manutenção da indústria do audiovisual no país, movimentando a economia criativa, gerando capacitação de profissionais, com geração de empregos e renda.

Maria Abdalla ressalta ainda que os curtas-metragens geralmente são a porta de entrada para esse meio, definindo narrativas e trajetórias de muitas diretoras e diretores do cinema. “Esse sempre foi um dos principais objetivos da Goiânia Mostra Curtas, que pretender ser um espaço para reforçar a continuação da feitura de curtas-metragens, assim como discutir sua importância no Brasil, e de como este formato é fundamental para representar o cinema brasileiro no exterior”,. Afirma a diretora e produtora.

O festival, que tem mais de duas décadas de história no cenário cultural goiano e brasileiro, acontecerá entre os dias 5 e 10 de julho de 2022, no formato online. Este ano, os filmes selecionados para as mostras competitivas (Curta Mostra Brasil, Curta Mostra Goiás e Curta Mostra Animação) concorrem a prêmios nas categorias: Melhor Filme, Melhor Direção e Prêmio Especial do Júri.

O júri oficial que elegerá os filmes é formado por realizadores, roteiristas, diretores, críticos e pesquisadores de cinema. Os filmes vencedores serão contemplados com prêmios oferecidos pelas empresas parceiras do festival, como locação de equipamentos e estúdios, consultorias, bolsas de cursos online, serviços de pós-produção e finalização, além de prêmios de aquisição. Para conferir a lista de prêmios, basta acessar o site do festival.

Ler Mais

Inscrições para Laboratório de Roteiros Audiovisuais

Inscrições Abertas Laboratório de Roteiros Audiovisuais - Goiânia Mostra Curtas 2021

Estão abertas as inscrições para o Laboratório de Roteiros Audiovisuais da 21ª Goiânia Mostra Curtas. Roteiristas, diretores, estudantes, profissionais de audiovisual e público em geral poderão receber consultorias online através do Laboratório.

As inscrições podem ser feitas a partir desta quinta-feira, 7 de abril, até o dia 28 de abril aqui pelo site. Serão ofertadas 6 vagas ao todo, sendo três para cada um dos laboratórios oferecidos: Roteiro de documentário (curta ou longa-metragem) e Roteiro de ficção (curta ou longa-metragem).

O principal objetivo do Laboratório é reconhecer e qualificar roteiros originais ainda não produzidos, contribuindo com seu desenvolvimento, garantindo sua visibilidade e criando oportunidades para sua eventual realização.

“O nosso objetivo é promover um laboratório em nível mais avançado para aquelas pessoas que já tem um argumento ou roteiro, que buscam essa consultoria mais direcionada”, enfatiza a diretora-geral da Goiânia Mostra Curtas, Maria Abdalla. Segundo ela, o festival vai além da exibição e divulgação de filmes, e consiste também em formação de plateia, se fazendo importante ainda na valorização do roteiro como produto e a qualificação do setor audiovisual. Além disso, o Icumam Cultural e Instituto visa estimular a diversidade e incentivar a inscrição de realizadores negres, indígenas, LGBTQIA+, PCD e outras minorias, reafirmando seu compromisso de compor uma seleção plural de roteiros.

Poderão se inscrever pessoas residentes de todos os estados do Brasil. Contudo, 40% das vagas serão reservadas para roteiristas, diretores, estudantes e profissionais do audiovisual que residam no estado de Goiás. Caso as inscrições de Goiás não alcancem este número, as vagas estarão automaticamente disponíveis para participantes de outros estados.

As inscrições para o Laboratório são gratuitas e os projetos selecionados receberão consultorias individuais da cineasta Alice Riff e do diretor e roteirista Gabriel Martins, renomados profissionais do setor audiovisual nos cenários nacional e internacional. As consultorias serão realizadas nos dias 7, 8 e 9 de julho, via Zoom, sendo que cada uma delas terá duração de duas horas.

A seleção será feita pelos tutores do Laboratório de Roteiros Audiovisuais, por meio da análise da proposta das inscrições e dos argumentos enviados no ato da inscrição. Conheça cada um dos tutores:

Roteiro de documentário – Alice Riff, nasceu em São Paulo e é cineasta. Formada em Cinema (FAAP) e Ciências Sociais (USP), tem pós-graduação em estudos Brasileiros na Escola de Sociologia e Política de São Paulo. Seu trabalho busca encontros sensíveis com o real, dialogando com temas ligados à juventude e direitos humanos. É diretora e roteirista dos longas-metragens documentais Eleições (2018, 100′), Meu corpo é político (2017, 70′) e Platamama (2018, 82′). Os filmes passaram por importantes festivais nacionais e internacionais como Visions du Reel, Dok Leipzig, Festival do Rio, BAFICI, Festival del Nuevo Cine Latinoamericano de Havana, Festival de Brasília. Seu longa Meu corpo é político ganhou prêmio de melhor filme brasileiro no festival Olhar de Cinema, de Curitiba, e Melhor filme no Lovers – LGBT Torino Film Festival. Alice também é produtora executiva de Histórias que nosso cinema (não) contava, com direção de Fernanda Pessoa, disponível no Netflix.

Roteiro de ficção – Gabriel Martins, nascido em Belo Horizonte e radicado na periferia de Contagem, graduou-se na Escola Livre de Cinema/BH e em Comunicação Social com Habilitação em Cinema e Vídeo, no Centro Universitário UNA. É sócio fundador da produtora Filmes de Plástico, junto a André Novais Oliveira, Maurílio Martins e Thiago Macêdo Correia. Trabalhou em mais de 20 filmes exibidos em festivais de cinema ao redor do mundo. Dentre os seus principais trabalhos como diretor estão os curtas “Rapsódia para o Homem Negro”, “NADA” e os longas-metragens “No Coração do Mundo” (codirigido por Maurilio Martins) e “Marte Um”, que atualmente está circulando festivais mundo afora.

MAIS DE DUAS DÉCADAS DE HISTÓRIA
Ao longo de mais de 20 anos, a Goiânia Mostra Curtas acompanhou a evolução do audiovisual, seja ela tecnológica, de linguagem ou formato. E nesse sentido, alcançou seu destaque no Brasil, sendo sempre lembrada e reconhecida pelos grandes profissionais do mercado, que estão presentes em cada ano, seja nas curadorias, nos júris, nas consultorias, palestras, oficinas ou várias outras atividades formativas.

Com produções de todas as regiões do país, o festival busca sempre a valorização da representatividade e da regionalidade como linguagem, colocando em evidência a diversidade social, política, étnica e cultural brasileira. Tudo isso consolidado em quatro pilares: a democratização do acesso ao audiovisual; a qualificação profissional; o estímulo à produção; e a formação de plateias para o cinema nacional.

Totalmente gratuita, a 21ª Goiânia Mostra Curtas inclui a exibição de filmes, divididos entre as tradicionais mostras competitivas e não-competitivas. Além dos curtas-metragens exibidos ao longo dos seis dias de evento, a programação do festival envolve também diversas atividades formativas – Laboratório de Roteiros Audiovisuais, oficinas, palestras, debates – homenagem e outras atrações.

Além do Laboratório de Roteiros Audiovisuais, em breve serão divulgadas outras atividades formativas da 21ª edição. Essas e todas as outras novidades da programação serão disponibilizadas aqui no site www.goianiamostracurtas.com.br e através das redes sociais do festival.

Ler Mais

Últimas semanas para inscrição de filmes

As inscrições para a 21ª Goiânia Mostra Curtas seguem abertas até o próximo dia 6 de abril. O festival, que tem mais de duas décadas de história no cenário cultural goiano e brasileiro, acontecerá entre os dias 5 e 10 de julho de 2022, no formato online.

Podem se inscrever obras audiovisuais de todos os gêneros com duração máxima de 25 minutos, finalizadas a partir de janeiro de 2021 e que tenham cópia de exibição em formato solicitado pela plataforma digital, de acordo com as especificações técnicas previstas no regulamento.

Excepcionalmente, para os filmes produzidos em Goiás, poderão se inscrever curtas-metragens realizados a partir de 2020, devido à escassez de políticas públicas destinadas à produção audiovisual no estado durante o período pandêmico.

Os filmes inscritos serão analisados pelos curadores das mostras: o diretor e pesquisador Rafael de Almeida (Curta Mostra Brasil), o programador e crítico de cinema Fábio Rodrigues Filho (Curta Mostra Goiás), o diretor e realizador Cesar Cabral (Curta Mostra Animação) e a escritora e documentarista Gabriela Romeu (20ª Mostrinha). Já a curadoria dos filmes convidados para a Curta Mostra Especial será feita pelas curadoras e programadoras Talita Arruda e Melina Bomfim.

A lista de filmes selecionados está prevista para ser divulgada no dia 26 de abril, podendo haver prorrogação a critério da organização.

PREMIAÇÃO

A participação na 21ª Goiânia Mostra Curtas é gratuita e as produções selecionadas para as mostras competitivas desta edição (Curta Mostra Brasil, Curta Mostra Goiás e Curta Mostra Animação) concorrem a prêmios nas categorias: Melhor Filme, Melhor Direção e Prêmio Especial do Júri.

O júri oficial que elegerá os filmes é formado por realizadores, roteiristas, diretores, críticos e pesquisadores de cinema. Os filmes vencedores serão contemplados com prêmios oferecidos pelas empresas parceiras do festival, como locação de equipamentos e estúdios, consultorias, bolsas de cursos online, serviços de pós-produção e finalização, além de prêmios de aquisição. Para conferir a lista de prêmios, basta acessar o site do festival.

PROGRAMAÇÃO

Este ano a GMC terá três mostras competitivas: Curta Mostra Brasil, Curta Mostra Goiás e Curta Mostra Animação. Além dessas, terá outras duas sem caráter competitivo: a 20ª Mostrinha, com curtas voltados ao público infanto-juvenil; e a Curta Mostra Especial, que a cada edição aborda temáticas relevantes do cotidiano para promover a reflexão, a representatividade e a discussão sobre o assunto escolhido.

Totalmente gratuita, a 21ª Goiânia Mostra Curtas inclui a exibição de filmes, divididos entre as tradicionais mostras competitivas e não-competitivas. Além dos curtas-metragens exibidos ao longo dos seis dias de evento, a programação do festival envolve também diversas atividades formativas – Laboratório de Roteiros Audiovisuais, oficinas, palestras, debates – homenagem e outras atrações.

Em breve serão divulgadas as atividades formativas da 21ª edição. Essas e todas as outras novidades da programação serão disponibilizadas aqui no site e através das redes sociais do festival.

21ª Goiânia Mostra Curtas – Inscrições gratuitas de filmes
Prazo:
Até 6 de abril (quarta-feira)
Onde: online, pelo link de inscrição

Ler Mais

21ª Goiânia Mostra Curtas abre inscrições para filmes

21 GMC - O Festival Goiânia Mostra Curtas

O Icumam abre inscrições para filmes da 21ª Goiânia Mostra Curtas entre os dias 9 de março e 6 de abril de 2022 (link para inscrição). A participação é gratuita e os filmes vencedores das mostras competitivas levam prêmios em produtos e serviços fornecidos por parceiros da indústria cinematográfica, com foco no incentivo à produção. O júri oficial que elegerá os vencedores é formado por realizadores, roteiristas, diretores, críticos e pesquisadores de cinema.

Podem se inscrever filmes de ficção, de documentário, curtas experimentais e de animação com duração máxima de 25 minutos, realizados a partir de janeiro de 2021 e que tenham cópia de exibição em formato solicitado pela plataforma digital, de acordo com as especificações técnicas previstas no regulamento disponível no site oficial do festival.

Excepcionalmente, para os filmes produzidos em Goiás, poderão se inscrever curtas-metragens realizados a partir de 2020, devido à escassez de políticas públicas destinadas à produção audiovisual no estado de Goiás durante o período pandêmico.

Os filmes inscritos serão analisados pela curadoria das mostras e a lista com os selecionados está prevista para ser divulgada até o dia 26 de abril, também pelo site do festival, podendo haver prorrogação a critério da organização.

Esse ano o festival terá três mostras competitivas: Curta Mostra Brasil, Curta Mostra Goiás e Curta Mostra Animação. Além das mostras competitivas, o festival terá outras duas mostras: a 20ª Mostrinha e a Curta Mostra Especial, sendo a Mostrinha voltada ao público infanto-juvenil e a Curta Mostra Especial uma mostra que aborda temáticas relevantes do nosso cotidiano para promover a reflexão, a representatividade e a discussão sobre o tema escolhido.

21ª GMC

Em 2022 um dos mais expressivos festivais de cinema nacional de curta-metragem do Brasil, que foi o primeiro a ser realizado na capital goiana, chega à sua 21ª edição. A 21ª Goiânia Mostra Curtas será realizado de 5 a 10 de julho de 2022, de forma totalmente online e gratuita, assim como a edição de 2021, devido às restrições impostas pela pandemia de Covid-19. O festival não acontecerá em sua tradicional data em outubro, pois o projeto foi aprovado no edital emergencial da Lei Aldir Blanc.

“A Goiânia Mostra Curtas é mais do que um festival, o evento se tornou um divisor de águas para o audiovisual em Goiás, trazendo à tona e levando para o Brasil tudo que o estado tem a oferecer nesse setor. E em todos esses anos, a trajetória foi de luta, conquistas, aprendizados, formação de plateia e fomento à produção audiovisual”, ressalta a diretora-geral e produtora da Goiânia Mostra Curtas, Maria Abdalla.

Segundo Abdalla, é esse foco na democratização do acesso ao audiovisual, da qualificação profissional, do estímulo à produção, e formação de plateias para o cinema nacional que tornou o festival o que é atualmente. E mesmo diante dos desafios impostos pela pandemia de Covid-19, da ausência de investimentos e políticas públicas destinadas à cultura, e porque não dizer da falta de sensibilidade e abandono à área, que tanto precisa de incentivos por parte dos governos, a 21ª Goiânia Mostra Curtas vai acontecer.

Ao longo dos anos, a Goiânia Mostra Curtas desenvolveu cartazes evidenciando o trabalho de artistas e ilustradores goianos, com a arte representando mensagens associadas à cultura e ao audiovisual. A exposição virtual, com cartazes desde a 1ª edição, está disponível para visualização através do site da GMC.

A arte do cartaz da 21ª Goiânia Mostra Curtas é de autoria de Selon, artista que desenvolve murais e intervenções urbanas desde 2000, idealizando projetos em São Paulo, Goiânia, Belo Horizonte, Brasília, Salvador, Rio de Janeiro, entre outras cidades. Na criação do cartaz para a 21ª edição Selon propôs uma composição baseada em módulos intercambiáveis que representam desde os quadros dos filmes fotográficos até as imagens encontradas em aplicativos nas telas de celulares. O artista utilizou de suas experiências urbanas para criar composições geométricas e em cada módulo criado nos apresenta uma sequência de manifestações visuais recorrentes em seus trabalhos.

Programação

Totalmente gratuita, a programação desse ano inclui a exibição de filmes produzidos em 2021 e 2022, divididos entre as tradicionais mostras competitivas e não-competitivas. Além dos curtas-metragens exibidos ao longo dos seis dias de evento, a programação da 21ª Goiânia Mostra Curtas contará também com o Laboratório de Roteiros Audiovisuais, com atividades formativas (oficinas, palestra, debates), homenagem e outras atrações.

Ler Mais

icumam cultural e instituto

producao@icumam.com.br
www.icumam.com.br
Fone: 62 3218 3779.

Viela da rua 124, nº166 Qd.F-23, Lt.30
Setor Sul - Goiânia-GO
Caixa Postal nº 337
74.001-070