Debate traz discussão sobre a preservação audiovisual no centro-oeste

Complementando sua programação, a 21ª Goiânia Mostra Curtas apresenta o debate A Preservação Audiovisual no Centro-Oeste: realizações e desafios. O debate faz parte das atividades de formação do festival, que tem em seu histórico um intenso trabalho de formação de profissionais do audiovisual e a abordagem de discussões que permeiam o mercado e a arte. A atividade é aberta ao público, acontece no dia 8 de julho no canal do Icumam no Youtube, às 19 horas, e não é necessário realizar inscrições.

O debate trará um dos temas mais recorrentes nas discussões sobre o patrimônio audiovisual brasileiro: a urgente necessidade da regionalização das estruturas de preservação audiovisual no Brasil. Kadidja Oliveira, arquivista do Distrito Federal, Marinete Pinheiro do Museu de Imagem e Som de Mato Grosso do Sul e Tânia Mendonça do Museu de Imagem e Som de Goiás participarão do debate que tem curadoria e mediação da pesquisadora e preservacionista audiovisual Lila Foster.

Tentando responder perguntas pertinentes ao tema, o debate é enfático ao propor que é preciso que as instâncias governamentais invistam na descentralização dos recursos, na manutenção das instituições já existentes e que compreendam a importância da valorização de culturas locais.

Quais são os desafios enfrentados por instituições dedicadas ao patrimônio audiovisual nos Estados e municípios? Como instituições e preservacionistas audiovisuais conseguem mobilizar culturas locais? Como pensar a história e a preservação da produção audiovisual e do curta-metragem do Centro-Oeste? São algumas perguntas que serão levantadas durante o debate.

icumam cultural e instituto

producao@icumam.com.br
www.icumam.com.br
Fone: 62 3218 3779.

Viela da rua 124, nº166 Qd.F-23, Lt.30
Setor Sul - Goiânia-GO
Caixa Postal nº 337
74.001-070